Funções e procedimentos: diferença

linguagem-c Antes de mais nada, é bom dizer que se você já programou qualquer coisa utilizando C, mesmo que ainda não compreenda o conceito de função, você provavelmente já as utilizou.

Alguns exemplos de função em C, são: printf, scanf, getchar, putchar, etc. No caso, essas que eu citei são predefinidas, ou seja, já está lá no seu computador desde que você instalou algum compilador.

É interessante saber que em linguagem C não existem os chamados procedimentos propriamente dito, como por exemplo, na linguagem Pascal. Em Pascal você inicia uma função com a palavra FUNCTION e inicia um procedimento com a palavra PROCEDURE. Como em C não existem procedimentos, usa-se apenas a palavra FUNCTION.

Continue lendo

Quantidade de linhas de um projeto

A dica da vez é sobre o contador de linhas CLOC – Count Lines Of Code. Além de útil é uma ferramenta bastante simples e fácil de usar.

Não é necessário instalar, basta baixar o único arquivo em http://cloc.sourceforge.net/. O único pré-requisito é ter o Perl instalado.

O uso básico é, por exemplo, se estou dentro do diretório “cloc” e quero o relatório de linhas do projeto “cv-generator”, usaria o seguinte comando:

Cloc

Se preferir, pode instalar o cloc. No Fedora basta usar o comando padrão do yum:

Para instalar em outras distribuições ou SO, verificar a possibilidade no site oficial do CLOC.

Uma vez instalado no Linux, o uso básico é da seguinte forma:

Para mais detalhes, acesse http://cloc.sourceforge.net.

POO – Pérolas também são objetos

POO – Programação Orientada a Objetos – é um paradigma, mas paradigmas não existem apenas academicamente. Talvez por acreditar nisso e não dar a devida importância ao estudo de conceitos é que apareçam tantas aberrações mundo a fora, como foi o caso do especialista em Tecnologia da Informação no jornal Hoje da Rede Globo.

Vejam só a pérola que o rapaz mandou em rede nacional: